Pesquisar

sábado, 12 de novembro de 2016

Não deixe o bebê chorar!!!

Esse é um post que vai muito da criação de cada mãe,  como já falei aqui várias vezes a maternidade é única, cada mãe vivencia a sua maneira, não é a minha ou a sua que estão certas ou erradas, nos sempre daremos o melhor para nossos filhos.
Mas esse assunto me chamou atenção nos últimos dias.
Por ouvir algumas pessoas dizendo: Deixa seu bebê chorar, ele vai cansar e vai parar.
Meu Deus!!! Que absurdo isso.
Primeiro que nós  mães faremos o que acreditarmos ser o melhor para o nosso bebe e segundo lugar, se fosse para deixar ele chorando eu nem teria tido um bebe.
Quando agente esta grávida já sabe que o bebê vira sem manual e a única forma de comunicação dele com agente é através do choro primeiramente.
O duro é quando essas pessoas que falam isso são mães e aplicam esse método com seus filhos.
Não vou criticar aqui,  mas li matérias na internet dizendo que  o bebê quando chora e não é atendido pelos pais ele se sente rejeitado, ele ainda é muito pequenino e imaturo para aprender a ser mais independente e simplesmente parar de chorar.
Mas quando ele chora e recebe os carinhos e cuidados dos pais ele se sente confortável, seguro.
Ele crescerá um indivíduo capaz, porque ele sabe que se as coisas apertarem e ficarem difíceis ele vai correr para os braços da sua familia, para o colo e acalento da mamãe.
Eu, por exemplo, não consigo de jeito nenhum ver meus filhos chorando , me corta o coração, fico incomodada e não me acalmou até acalmar eles primeiro.
É claro que sou um ser humano normal como vocês, e as vezes temos que repreender o filho mais velho ou então estou no banho e o bebê começa a chorar, porém são situações da rotina do dia a dia e não vou deixa-Los ali chorando , estou conversando com eles,  eles ouvem a Minha voz até o momento em que eu possa pegar no colo.
Então, minha ideia aqui é mostrar que estudos comprovaram que o bebê não se tornará mais dependente de você ou não se você não deixar ele chorar, e ao contrário der seu colo sempre que necessário confortando ele.
Pesquise, se informe e acima de tudo faça o que seu coração mandar.
Até a próxima...

Nenhum comentário:

Postar um comentário